Produtos
Blog 0

Qual a diferença entre Café Arábica e Café Robusta?

Blog

Assim como a maça, a banana e tantos outros frutos, o café também possui variedade em forma, sabor e genética. Apesar de todos pertenceram a mesma família Rubiaceae e ao gênero Coffea, encontraremos diferente espécies, com características específicas. 

Dentre tantas espécies, as comercializadas são o Coffea Arabica (Café Arábica) e o Coffea Canephora (Café Robusta). A produção do Café Robusta pode ser encontrada, no Brasil, em Rondônia, Atlântico Baiano e no Espírito Santo.  O Café Arábica, por sua vez, está presente em muito mais estados brasileiros, como: Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Montanhas do Espírito Santo, Planalto Baiano, Região Serrana do Rio de Janeiro, Goiás e Ceará. 

E as variações não param no nome. As condições de clima e solo ideais para o plantio também mudam bastante de espécie para espécie. Enquanto o Café Arábica se desenvolve melhor em altitudes elevadas e consequentemente em uma temperatura mais amena, o Café Robusta precisa de um clima mais quente e úmido, ou seja, sua adaptação é melhor em solos abaixo de 600m de altitude. 

O nível de cafeína em cada uma das espécies é outra característica que faz com que os grãos sejam diferentes. O Robusta tem um percentual de 2,5% de cafeína, quase o dobro do Arábica. E, apesar do Robusta florescer mais de uma vez ao ano e ter mais facilidade de crescimento e resistência a parasitas, é o Arábica que detém 3/4 da produção mundial, devido a qualidade de aromas e a sua maior doçura. 

Os melhores produtos são cultivados através da Arábica, que possui aroma intenso, doçura e acidez na medida. Dela, derivam os cafés especiais e gourmets, muitos com notas frutadas e aromas diferenciados. A Arábica representa 15% da produção brasileira, muito destinado à exportação.  Já é possível encontrar o produto à venda nos supermercados, com rótulos diferentes, em categorias como premium. A bebida possui bem menos cafeína e proporciona uma experiência de sabor diferenciada, menos amarga.

Os cafés tradicionais mais consumidos no Brasil, em sua grande maioria, são uma mistura (blend) destas duas espécies, o que por muitas vezes acaba resultando em um café de qualidade razoável a um custo mais baixo quando comparado com os Cafés Especiais 100% Arábica.

E no meio disso tudo, surge o Café de Comer. Sim, isso mesmo...uma pasta de café que utiliza todo o grão e assim, todas as propriedades que o café reserva para quem o consome. Quando o café é bebido, passamos água fervente no grão torrado e moído, e este processo leva com a borra cerca de 85% das propriedades nutritivas, sabor e aroma do café.

O processo do BitCoffee é feito a partir do grão integral, mantendo todos os seus nutrientes, aroma fresco e sabor impactante e inigualável. Desta forma, BitCoffee é a fonte ideal de energia, proteína, vitaminas, sais mineiras e antioxidantes naturais.

Os produtos BitCoffee mantém a integridade do grão e carrega notas de malte, caramelo, chocolate, amêndoas e frutas compostas com as notas do café, trazendo para receitas que o leva, um toque de autenticidade, inovação e sabor.  

E você, já pensou em comer café?

 
Certificado de Segurança
Formas de Pagamento

© 2020 - BitCoffee

Chat, fale conosco

Carregando..
Chame no WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Aceitar